Esquerda

O Caderno de Saramago
http://caderno.josesaramago.org/

Temos razão, a razão que assiste a quem propõe que se construa um mundo melhor antes que seja demasiado tarde, porém, ou não sabemos transmitir às pessoas o que é substantivo nas nossas ideias, ou chocamos com um muro de desconfianças, de preconceitos ideológicos ou de classe que, se não conseguem paralisar-nos completamente, acabam, no pior dos casos, por suscitar em muitos de nós dúvidas, perplexidades, essas sim paralisadoras. Se o mundo alguma vez conseguir ser melhor, só o terá sido por nós e connosco. Sejamos mais conscientes e orgulhemo-nos do nosso papel na História. Há casos em que a humildade não é boa conselheira. Que se pronuncie bem alto a palavra Esquerda. Para que se ouça e para que conste.

Escrevi estas reflexões para um folheto eleitoral de Esquerda Unida de Euzkadi, mas escrevi-as pensando também na esquerda do meu país, na esquerda em geral. Que, apesar do que está passando no mundo, continua sem levantar a cabeça. Como se não tivesse razão.

Qui la traduzione: il Quaderno di Saramago

Commenti

  1. Non so il portoghese, ma Saramago non è quello che ha scritto un romanzo sui ciechi sapienti che per sopravvivere devono affidarsi all'unico che continua a vedere, dopo una grave epidemia?
    Non mi ricordo il titolo, ma è una metafora agghiacciante e perfetta del momento in cui viviamo. (siamo nel 19222, o nel 1929, o nel 1933, se non sbaglio: fammi guardare un attimo il calendario).

    RispondiElimina
  2. Da un pò di tempo ho sul comodino un libro di Saramago che ancora non mi sono decisa a leggere, adesso mi hai invogliata farlo: "Viaggio in Portogallo".

    Grazie :)

    RispondiElimina
  3. Giuliano, Gaz mi fa piacere che da un post nascano riferimenti a libri :-)

    Secondo me non siamo diventati ciechi, secondo me lo siamo, Ciechi che vedono, Ciechi che, pur vedendo, non vedono

    RispondiElimina

Posta un commento